Categorias: Saúde

Conheça 6 alimentos que ajudam no combate à depressão

O combate à depressão pode ser feito de diversas formas e sempre com acompanhamento médico. Dessa maneira, o tratamento será feito de acordo com as necessidades de cada paciente e também de forma mais assertiva.

Uma delas é por meio da alimentação, que hoje ela já ocupa um papel bem importante em grande parte dos tratamentos. Neste conteúdo vamos apresentar alguns alimentos que geralmente são indicados pelos médicos e explicar um pouco mais sobre a função de cada um no organismo.

Alimentação como aliada no combate à depressão

A depressão é uma doença do sistema nervoso desencadeada pela queda na produção principalmente do hormônio serotonina, responsável por regular diversas funções do nosso corpo, entre elas o sono, o apetite e as emoções.

Com isso chegamos a alguns dos sintomas da depressão: dificuldade para dormir, falta de apetite e alterações de humor.

Ao receber o diagnóstico de depressão, o paciente deve iniciar um tratamento médico que também inclui outros fatores, como a prática de exercícios e uma dieta balanceada. Ambos têm o objetivo de melhorar o funcionamento do organismo e estimular a produção de serotonina e outros hormônios que contribuem com as sensações de prazer e bem-estar.

A seguir vamos listar alguns dos alimentos que podem ser inseridos no cardápio para ajudar na recuperação do paciente. Confira!

  • Mel;
  • Ovos;
  • Folhas verdes (espinafre, couve, brócolis);
  • Frutas (abacaxi, melancia, laranja, banana);
  • Leite;
  • Castanha-do-Pará.

Vale sempre lembrar que estes são apenas alguns exemplos e a partir dos grupos que fazem parte é possível inserir outros alimentos no cardápio. A ingestão de vários tipos de nutrientes é fundamental para a saúde de forma geral e neste caso podem contribuir ainda mais.

Entre o que deve ser evitado podemos citar as bebidas alcoólicas, fast-foods e alimentos ricos em açúcar. Estes causam muitas mudanças no funcionamento do corpo, como o aumento dos índices glicêmicos, por exemplo, o que pode prejudicar a produção hormonal e consequentemente piorar o quadro atual da doença.

Mais uma vez é importante ressaltar que tudo isso deve ser feito com o acompanhamento de profissionais responsáveis e seguindo todo o planejamento médico.

Para conferir como a alimentação auxilia em outros tratamentos clique aqui.

Risotolândia

Posts Recentes

Nutrição hospitalar: cuidados necessários com a alimentação dos pacientes

A nutrição hospitalar possui um papel de grande importância dentro das instituições de saúde. Em…

1 mês atrás

Entenda como um bom ambiente de trabalho é benéfico para os seus resultados

Sem dúvidas um bom ambiente de trabalho é fundamental para que uma empresa alcance os…

1 mês atrás

Importância do planejamento escolar para 2021

Desenvolver um planejamento escolar sempre é importante, mas especialmente em 2021 você precisará dar ainda…

1 mês atrás

Planejamento 2021: comece a se preparar!

Já começou o seu planejamento para 2021? 2020 não foi um ano fácil para todas…

1 mês atrás

Gestão hospitalar: conheça alguns dos principais pontos que merecem atenção

A gestão hospitalar ou gestão da área de saúde, para ser mais amplo, é um…

2 meses atrás

Você já oferece benefícios para os seus colaboradores? Conheça a importância deles

Oferecer benefícios para colaboradores é uma prática muito comum nas empresas. Eles são ferramentas essenciais…

2 meses atrás