Alimentação e inteligência emocional: como as refeições diárias podem impactar na qualidade de vida?

500 mil pessoas e um único ingrediente: amor por servir melhor

O mercado de refeições coletivas vem crescendo desde 2017 e, para 2019, a expectativa é de 3% de aumento. Juntando as empresas do ramo, são produzidas 13 milhões de refeições por dia, ou seja, 6% da população brasileira é alimentada por elas. Todos os dados são da ABERC – Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas.

O Grupo Risotolândia é um dos maiores do setor, Top 5 do país e o maior do Sul do Brasil, entregando 500 mil refeições por dia, o suficiente para uma cidade inteira comer. Para tudo isso funcionar perfeitamente, o investimento em tecnologia foi de R$ 11 milhões e ainda há a capacitação constante do quadro de funcionários, que é 80% composto por mulheres. Neste ano, cerca de 5 mil funcionários completaram mais de 30 horas de capacitação.

Seis estados brasileiros são atendidos pelo Risotolândia, PR/SC/RS/SP/RJ/MG. Mas a meta de Carlos Humberto de Souza, seu Diretor-Presidente, não para por aí. Seu objetivo é fazer o Grupo crescer acima da média do mercado, atuar em nível nacional e “também manter a proximidade com nossos clientes, ouvindo-os, aprendendo com eles e, principalmente, nos mantendo ágeis nas soluções de situações do dia a dia.” Ele complementa que a empresa quer garantir que todos os brasileiros tenham uma alimentação saudável ao longo de suas vidas, coisa que está no DNA da Risotolândia. “Nossa obrigação é fornecer refeições seguras, saudáveis e equilibradas. O nosso maior desafio é promover saúde e qualidade de vida por meio delas. É por isso que criamos campanhas e fazemos ações que incentivam o consumo de alimentos saudáveis, que melhoram o desempenho em todas as atividades do nosso dia a dia”, diz o CEO.

Para buscar o desenvolvimento pessoal dos colaboradores existem mais ações promovidas, como a Universidade Corporativa, o programa de inclusão ou de conversas de carreira. Todos despertam nos colaboradores o orgulho em pertencer à Risotolândia. Outro exemplo é o prêmio anual Pratas da Casa, que homenageia o tempo de serviço. A sustentabilidade é mais uma pauta do Grupo, que tem programas de tratamento de resíduos, voluntariados, responsabilidade social e ações para a redução do desperdício de alimentos.

Mas a empresa deseja ir ainda mais longe. Segundo Carlos Humberto, “já temos as certificações HACCP, ISO 9001:2015 e outros prêmios do setor empresarial, mas cada dia buscamos novas tecnologias em processos e equipamentos para sermos inovadores no mercado. E investimos muito na formação e qualificação de pessoas dentro da organização, visando à formação de novos líderes e sucessores”.

A visão para o futuro é otimista. “Nosso olhar está voltado para o encontro de soluções de crises. Vamos sempre driblar as dificuldades e fazer as nossas receitas chegarem cada vez mais longe”, finaliza o presidente.

VOLTAR
Fique atualizado.
Receba as publicações do Blog Risotolândia diariamente na sua caixa de mensagens.