Alimentação e inteligência emocional: como as refeições diárias podem impactar na qualidade de vida?

5 alimentos que ajudam na cicatrização pós-cirúrgica

Além de medicamentos, higiene e repouso, o processo pós-operatório envolve outros cuidados, dentre eles a alimentação, que tem grande influência na recuperação do paciente.

Neste momento, a dieta hospitalar é definida por uma prescrição médica que auxilia no direcionamento de quais alimentos deverão ser consumidos durante o processo de cura. Na maioria dos casos são refeições leves que influenciam na regeneração dos tecidos.

Como cada paciente necessita de um tipo de dieta específica, o ideal é contratar uma equipe especializada para auxiliá-lo na preparação dos pratos, porém, no material de hoje iremos apresentar 5 alimentos que ajudam na cicatrização pós-cirúrgica e que se enquadram na grande maioria dos casos pós-operatórios.

Água

Indispensável para qualquer condição, a água garante o bom funcionamento dos órgãos, principalmente dos rins, que acabam sendo sobrecarregados devido aos anti-inflamatórios usados durante a recuperação. Além disso, diminui o inchado que ocorre por conta da retenção de líquidos.

Sucos naturais         

Outros líquidos também são bem vindos na elaboração da dieta hospitalar. Sucos naturais são fontes de vitaminas, e, frutas como melão e abacaxi são leves e diuréticos.

Carnes leves

O terceiro prato da nossa lista de 5 alimentos que ajudam na cicatrização pós-cirúrgica são carnes magras. Isso porque, as proteínas leves auxiliam na melhora do estado clínico e formam aminoácidos. O ideal são cortes com menos gordura, entre eles o peito de frango e nos casos de carne bovina, patinho ou lagarto.

Cenoura

O betacaroteno presente no vegetal se transforma em vitamina A no organismo, que auxilia na regeneração da pele e evita inflamações.

Folhosos verdes

As folhas verdes, como escarola, espinafre e couve são alimentos ricos em vitaminas B e E, que contribuem para o aumento de fibroblastos – células do tecido conjuntivo -. Desta forma, esses alimentos auxiliam no preenchimento dos tecidos e aumento do colágeno.

O pós-cirúrgico é um momento delicado, tanto para quem passa pelo procedimento quanto para a entidade responsável pela melhora do estado clínico do paciente. Por isso, a terceirização de serviços alimentícios acaba sendo um forte aliado durante este período.

O Grupo Risotolândia é responsável pelo preparo de mais de 550 mil refeições diariamente, confira como podemos contribuir para a qualidade e praticidade do seu hospital.

Leia também: Entenda como é elaborada uma dieta para doença renal

VOLTAR
Fique atualizado.
Receba as publicações do Blog Risotolândia diariamente na sua caixa de mensagens.