Alimentação escolar como processo de aprendizagem

Alimentação escolar um hábito que pode influenciar o consumo de bons alimentos. Por isso, as escolas têm um papel importantíssimo nessa tarefa, já que acompanham as diversas fases do crescimento das pessoas.

Cabe também a ela fazer a educação alimentar, tanto por meio de aulas teóricas quanto na hora de entregar a refeição dos alunos, mostrando quantidades certas que devem ser ingeridas de cada alimento, para os estudantes aprenderem os benefícios de cada tipo e também os malefícios do consumo em excesso.

Além dos resultados a longo prazo e para toda a vida, boa alimentação traz melhorias em pouco tempo também. Oferecer isso em sua escola é ser a favor de uma aprendizagem mais eficaz, já que ela está diretamente relacionada ao bom desempenho escolar , portanto, garante mais facilidade para assimilar o conteúdo.

Da mesma forma, a produtividade e o rendimento dos alunos também melhoram. Tudo isso acontece porque as crianças ficam mais dispostas quando estão bem alimentadas. Ou seja, plantar a semente de uma alimentação saudável cria uma reação em cadeia positiva que traz frutos em pouco tempo e que vão se multiplicando durante os anos.

Alimentação escolar na prática

Para tudo isso funcionar do jeito certo, são recomendados testes de aceitabilidade do cardápio. De fato, com crianças as chances de rejeição a determinados tipos de alimento são grandes. Então, os alunos não devem saber os ingredientes das receitas. Assim, é medida a aprovação dos pratos e o cardápio cada vez se torna mais assertivo e saudável.

Claro que são muitos detalhes para serem tratados quando o assunto é alimentação escolar de qualidade. Por isso, contratar uma empresa como a Risotolândia facilita, que entrega o melhor para instituições particulares e públicas. Temos todos esses processos bem definidos e trabalhamos com diversas escolas, o que comprova nosso método. Estamos prontos para levar isso aos alunos do governo, com toda a qualidade e tradição que sempre oferecemos.

Compartilhar