Alimentação consciente: como combater o desperdício?

O desperdício de alimentos é uma preocupação de toda a sociedade. Além de envolver questões econômicas, que impactam diretamente no setor financeiro de empresas e também no dia a dia das famílias de um modo geral, desperdiçar comida é, hoje, uma questão social. 

Ao passo que diariamente famílias e restaurantes mantêm o hábito de jogar comida no lixo por não prepararem a quantidade adequada, milhares de pessoas sofrem com a fome. Este é um problema que vai além dos limites geográficos, não é exclusividade do Brasil, pelo contrário. Em todo o mundo o cenário é o mesmo e, por isso, é urgente a conscientização da população a respeito deste tema. 

No viés administrativo, seja empresarial ou familiar, o desperdício de alimentos também tem grande impacto na economia mensal. Todo alimento que é jogado fora teve um custo para ser adquirido, se transformando em prejuízo ao não ser utilizado. 

Você sabia? Os dados divulgados pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) em 2018 revelam que aproximadamente um terço da produção de alimentos em todo o mundo é descartada. No Brasil, estima-se que cada indivíduo desperdiça, em média,  41,6 quilos de alimentos por ano. Itens como feijão, carne e arroz são os principais jogados fora.

Vamos mudar este cenário? Confira algumas dicas para evitar o desperdício e conscientize todos a sua volta!

Cozinhe quantidades adequadas de cada alimento

Evite o excesso na quantidade de alimentos preparados diariamente. Para isso, observe a rotina da casa e, então, avalie a média de comida que costuma ser servida. Invista em cardápios enxutos, escolhendo um representante de cada classe de alimentos por dia. Por exemplo: Carne vermelha + arroz + feijão + salada de alface ou peixe + batata + salada de grão de bico com tomate. Dessa forma, você terá uma alimentação saudável e equilibrada, ingerindo todos os nutrientes necessários para o dia. Além de fazer bem para a saúde, essa prática é uma importante aliada no combate ao desperdício de alimentos. 

Reaproveite os alimentos

Não é porque sobrou arroz que você precisa jogar tudo fora, ok? Uma dica é reaproveitar os itens, seja utilizando para a próxima refeição ou mesmo criando um novo prato a partir dele. Por exemplo, o arroz de hoje pode se transformar em um delicioso arroz de forno amanhã, assim como o feijão, que pode ser preparado de diferentes maneiras para diversificar o cardápio. Outra ideia é congelar os alimentos, aumentando, assim, o seu prazo de validade. Com isso, o feijão preparado na segunda-feira pode ser consumido em porções durante vários dias da semana, basta descongelar uma por dia. 

Não se sirva em excesso

Normalmente, quando estamos com muita fome, exageramos na quantidade de comida servida. Após algumas garfadas, percebemos o erro, mas já é tarde, provavelmente uma parte desse alimento terá como destino o lixo. Para evitar este tipo de desperdício, a dica é se servir em pequenas quantidades e, caso ainda fique com fome, repetir a porção desejada. 

Conscientize sua família

Invista em uma conversa franca com a sua família, explique sobre a importância de combater o desperdício de alimentos e trabalhem juntos nessa causa. Compartilhe com eles as dicas que você acabou de ler. Quando todos conseguem perceber o real significado de não jogar comida fora, certamente o engajamento e o cuidado serão ainda maiores. 

A Risotolandia é referência no segmento de alimentação coletiva. Valorizando ingredientes de qualidade, desenvolvemos cardápios personalizados para cada necessidade. Para saber mais sobre nossos serviços, acesse www.risotolandia.com.br

VOLTAR
Fique atualizado.
Receba as publicações do Blog Risotolândia diariamente na sua caixa de mensagens.