Cultura organizacional: O que é e qual sua importância?

As discussões sobre ter ou não uma cultura organizacional cresceram nos últimos anos, o que é positivo para as empresas.

Possuir valores e alinhá-los com a equipe pode fazer toda a diferença. Isso acontece porque, dessa forma, todos sabem claramente os objetivos e qual seu papel para que eles sejam atingidos.

Além disso, a melhora pode acontecer inclusive no processo de seleção de candidatos e no clima nas atividades diárias.

Acompanhe este post para entender um pouco mais sobre esse assunto e quais os impactos dele no ambiente empresarial.

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional é construída a partir dos valores que definem a forma como a empresa irá conduzir os seus negócios para atingir os objetivos desejados.

Eles podem mostrar também qual é o pensamento da empresa para o trabalho que ela desempenha e o mercado em que atua. 

De um jeito ou de outro, eles são voltados para os resultados que a empresa deseja alcançar, mas sempre levando em consideração um lado um pouco mais humano.

Podemos ver esses valores até como um manual de conduta da empresa e de seus colaboradores.

O que mais importa é que esses valores precisam ser vistos como a base de toda a organização, não sendo válidos apenas para alguns funcionários, mas sim para cargos gerenciais e operacionais.

Afinal, uma cultura organizacional funciona para todos dentro de uma empresa. Ela é o que dá uma identidade para a organização e a diferencia das demais.

Importância de possuir uma cultura organizacional

As bases para a criação da cultura já mostram quais são seus objetivos e como podem impactar o dia a dia na empresa.

Em primeiro lugar, ela visa dar um “norte” para a organização no qual todos os funcionários caminharão em uma mesma direção para que os objetivos empresariais sejam atingidos.

Esses objetivos também precisam estar claros para que todos saibam aonde vão chegar se adotarem a cultura da empresa.

Além disso, possuir uma cultura tem uma relação direta com o relacionamento entre os funcionários em suas atividades diárias.

Atualmente várias empresas têm adotado diversas medidas para engajar os colaboradores a se sentirem valorizados, descontrair um pouco a rotina e proporcionar um bom ambiente de trabalho para que ele possa desempenhar seu papel.

A cultura precisa ser vista como uma forma de unificar a empresa para que os objetivos sejam alcançados.

Se transmitida da maneira correta e os resultados estiverem sendo alcançados, a cultura de uma empresa pode até se tornar um diferencial no mercado.

Construindo uma cultura organizacional

Construir uma cultura organizacional não é um trabalho fácil e certamente também não é algo rápido de se fazer.  

Isso acontece, pois antes de tudo é preciso entender os objetivos da empresa, como ela quer ser vista, qual o perfil dos funcionários que ela conta hoje, se vai existir uma mudança nesse perfil, entre vários outros fatores que precisam ser analisados cuidadosamente. 

Não encare o tempo e a longa lista de atividades necessárias como um problema. O desafio pode ser grande, mas os resultados certamente irão transformar a organização e irão valer a pena.

Um ponto fundamental nesse processo é o treinamento dos líderes da empresa. É a partir deles que uma cultura forte é construída, pois são os exemplos dentro do ambiente de trabalho.

Se eles comprarem essa causa e tomarem as atitudes de acordo com a cultura, a tendência de que os demais também façam é maior.

Investir nos funcionários também é uma questão importante, como ações durante o trabalho, treinamento, abdicar do dress code tradicional, por exemplo. No caso dos clientes da Risotolândia, os colaboradores contam com almoços especiais e temáticos com a comemoração de algumas datas como o Dia das Mães e a Páscoa.  

Mas é importante que o colaborar goste de trabalhar na empresa e, inclusive, sirva de promotor para ela.

Sua cultura organizacional irá moldar quais profissionais trabalharão com você, pois caso não se enquadrem em algum dos pontos, talvez não sejam a melhor opção.

Tudo isso precisa ser pensado, sempre levando em conta os objetivos empresariais.

Um dos pontos que não podem faltar para a cultura de qualquer empresa é a transparência. Com ela, será possível manter todos engajados, satisfeitos com o que está sendo feito e, ao mesmo tempo, cientes dos próximos passos.

Deixar tudo claro é fundamental para o sucesso de qualquer cultura e, consequentemente, de qualquer empresa.

Motivar os funcionários também é muito importante nesse cenário. Preparamos um conteúdo especial sobre esse tema, confira aqui.

Compartilhar