Alimentação de pacientes oncológicos: conheça a importância de uma refeição adequada

Tratamentos para o câncer, como radioterapia e quimioterapia, causam uma série de efeitos colaterais nos pacientes, dentre eles, vômitos, náuseas, alteração de paladar e falta de apetite, interferindo negativamente na alimentação. Por isso, a boa alimentação de pacientes oncológicos é essencial, para que não ocorra perda de peso e o estado nutricional não piore, comprometendo a recuperação do quadro clínico. O ideal é seguir as recomendações do nutricionista e preparar os pratos com base nisso.

Como a alimentação de pacientes oncológicos se difere das demais?

Os tratamentos para pacientes oncológicos exigem muito do corpo, então o foco da alimentação é diminuir a fraqueza, garantindo um estado nutricional melhor e o fortalecimento, para os efeitos negativos das sessões serem minimizados.

Pela quimio e radioterapia deixarem o paciente mais vulnerável, as refeições devem garantir o reforço do sistema imunológico. Isso porque, com as defesas comprometidas, o risco de contaminação do paciente pela alimentação aumenta. Os nutricionistas também devem prever esse ponto, garantindo que as dietas minimizem as chances deste tipo de ocorrência.

Uma alternativa que também é usada, mas apenas com recomendação médica, é suplementação, que tem todos os nutrientes necessários, porém é mais adequada apenas em casos extremos.

O que a dieta hospitalar de oncologia não deve ter?

A alimentação de pacientes oncológicos é extremamente personalizada, pois cada organismo reage ao tratamento de uma forma. Então as restrições são variadas para cada caso, mas no geral não devem impedir uma dieta balanceada.

Cabe à equipe nutricional avaliar o que cada pessoa conseguirá ou não comer e montar as refeições com base nisso, sempre variando os ingredientes até encontrar os ideais. O trabalho de nutricionista é fundamental nessa etapa pois, o direcionamento será ainda mais preciso e os resultados melhores, baseando as receitas em casa restrição.

Cuidar de todos esses detalhes é uma tarefa complicada e que exige muita atenção. Uma das soluções para facilitar o processo é contar com uma equipe que esteja pronta para enfrentar o desafio. Terceirizando a alimentação com a Risotolândia Saúde, você irá ter refeições hospitalares balanceadas e personalizadas de acordo com cada caso, além de contar com todos os profissionais necessários para o serviço ser perfeito.

Leia também: Dietas sem glúten são sinônimos de uma alimentação mais saudável?

Compartilhar