Saiba mais sobre a alimentação para insuficiência cardíaca

A alimentação para pessoas com insuficiência cardíaca é uma importante parte do tratamento, principalmente no que diz respeito a conter o avanço da doença.

No trabalho de prevenção, as refeições também têm um papel fundamental e inclusive podem até melhorar o funcionamento do coração.

Mudanças em geral para hábitos mais saudáveis cumprem esse papel de melhoria, tanto para os que já apresentaram problemas cardíacos, quanto para os que buscam cuidar da saúde para não desenvolver o problema.

Confira este conteúdo para saber mais sobre o papel da alimentação no tratamento e a prevenção de doenças cardiovasculares.

Como é a alimentação para insuficiência cardíaca?

Quando o paciente é diagnosticado com uma doença no coração existe a necessidade de uma rápida mudança nos hábitos alimentares.

Isso acontece pois na insuficiência insuficiência cardíaca o coração apresenta dificuldades para bombear o sangue para todo o corpo. Como consequência as funções vitais podem ser afetadas e apresentar complicações no estado de saúde.

A gravidade dessa situação evidencia a necessidade de agir com rapidez no tratamento para que os prejuízos não sejam maiores.

Além do uso de remédios, evitar alguns tipos de alimentos e consumir outros é parte fundamental da estabilização e recuperação do caso.

Os maiores vilões para o coração são os alimentos que apresentam grandes quantidades de sal e gordura. Frituras em geral, alimentos industrializados e bebidas alcoólicas são alguns dos exemplos a serem evitados.

Assim como as restrições são necessárias, a adição de novos pratos no cardápio também é fundamental.

Existe uma grande variedade de alimentos que podem ser incluídos na dieta e que são capazes de fazer bem ao coração, como:

  • Azeite de oliva;
  • Linhaça;
  • Frutas vermelhas;
  • Aveia;
  • Peixes ricos em ômega 3, como a sardinha.

É bem importante ressaltar que esses e outros alimentos não servem apenas para o tratamento da doença. Consumi-los antes mesmo do diagnóstico é uma forma de se prevenir e melhorar a saúde em geral.

Tratamento de doenças cardíacas em hospitais

Nos casos em que é necessário internar o paciente, seja para uma avaliação ou mesmo um procedimento cirúrgico, os cuidados precisam ser redobrados.

Diante dessa situação, os tratamentos com remédios tendem a ter uma ação ainda mais intensa no corpo. Isso é bom para a recuperação, mas às vezes por serem muito fortes os remédios também acabam debilitando um pouco mais o paciente.

É nesse cenário que a alimentação ganha mais força também. Além de contribuir no tratamento para a doença cardíaca, ela também terá um papel na reabilitação do corpo e em fornecer mais energia ao paciente.

Para que esse trabalho seja feito corretamente e a recuperação possa ser mais rápida, é fundamental contar com uma equipe completa de nutricionistas. Serão eles que vão cuidar das necessidades alimentares de cada paciente.

Como esse é um período delicado para quem está internado, oferecer refeições da melhor qualidade é tão importante quanto o valor nutricional delas.

Para isso você pode contar com o apoio de uma empresa especializada no assunto, como a Risotolândia Saúde. Ela, além de fornecer o que há de melhor e mais inovador em refeições coletivas para a área de saúde, pode apoiar o trabalho nutricional do hospital em busca das melhores soluções para cada caso.

Quer entender melhor sobre esse trabalho? Acesse o nosso site e confira!

Compartilhar